Menu Científico

Etiquetas

,

É já neste domingo, dia 20 de Março, também para dar as boas vindas à Primavera e para celebrar o aniversário, que temos para si este excelente menu para degustar no Centro Ciência Viva de Constância / Parque de Astronomia:

Notícias

XII Aniversário CCV de Constância

15h00 – Sessão de abertura
15h20 – Palestra «Raios Cósmicos – Aprender com as partículas extraterrestres», proferida pela investigadora Sofia Andringa (LIP)
16h00 – Inauguração da câmara detetora de raios cósmicos
16h30 – Visita à exposição que integra o avião a jacto Lockheed T33 – T Bird com apontamentos
«Se este avião falasse…» por Eduardo Gonçalves

17h30 – Atuação da Banda Filarmónica Montalvense 24 de janeiro

18h30 – Lanche com bolinhos lunares e jovianos, acompanhados de observações da Lua e de Júpiter com binóculo e telescópio

bannerSe clicar sobre a imagem descobre onde pode ficar

Do lanche não fazem parte os “Queijinhos Celestiais” pelo que devem passar pelo O Café da Praça na Praça Alexandre Herculano

Na Rota do Queijo da Serra

Etiquetas

, ,

A área de produção de Queijo Serra da Estrela abrange 18 municípios de 4 distritos: Aguiar da Beira, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Manteigas, Seia e Trancoso (distrito da Guarda); Covilhã (distrito de Castelo Branco); Arganil, Oliveira do Hospital e Tábua (distrito de Coimbra); Carregal do Sal, Mangualde, Nelas, Penalva do Castelo, Tondela e Viseu (distrito de Viseu).

Sou um apreciador de outras especialidades gastronómicas que vi em várias ementas. Difícil será a escolha. Entre morcela de Fornos, a farinheira, as chouriças e o presunto, acompanhados com pão de fabrico caseiro e bom vinho do “Dão”, acho que vou optar pelo presunto, pão caseiro com o “Dão”.

E destes pratos principais, qual o que devo provar? Cabrito ou borrego assado no forno, batatas de caçoila à moda de Fornos, bacalhau à Lagareiro, peixes do rio, migas com feijão frade. Como preciso de manter um certo equilíbrio alimentar, vou escolher o cabrito?
Sei que vai ser difícil, mas vou tentar resistir ao arroz-doce, leite creme, ou o requeijão com doce de abóbora.
Não tenho é qualquer dúvida onde vou ficar. Por isso, perco o amor a 120 Euros mas sei que vou passar 2 noites em completo descanso. Vou já reservar, e marcar umas massagens no SPA para o meu equilíbrio físico e psíquico.
Palace Hotel e SPA em InfiasSPA

Nota

Espaço museológico do Almourol

Etiquetas

, , , , ,

Descubra-nos no Google+

Castelo de Almourol

Castelo de Almourol

Terminado  o processo de musealização do Castelo de Almourol, o monumento nacional passará a estar aberto todos os dias de 1 de Maio a 30 de Setembro, encerrando à segunda-feira no período de 1 de Outubro a 30 de Abril.

“Para assegurar a qualidade da visita e as condições de sustentabilidade do monumento, o acesso à torre de menagem será, a partir de agora, controlado e reservado a grupos até 15 e só após a sua saída da torre será autorizado novo ingresso na mesma”, esclarece a Câmara da Barquinha.

Fortaleza reconstruída por Gualdim Pais, mestre da Ordem dos
Templários, em 1171, é o ícone do Concelho de Vila Nova da Barquinha. À
época da Reconquista integrava a chamada Linha do Tejo, constituindo um
dos exemplos mais representativos da arquitectura militar da época,
evocando simultaneamente os primórdios do reino de Portugal e a Ordem
dos Templários, associação que lhe reforça a aura de mistério e
romantismo.

Interior da Torre do Castelo de Almourol (Foto: CM Vila Nova da Barquinha)

Imagem de medidotejo.net

A singular localização do Castelo torna-o um dos mais bonitos
monumentos do país, tendo sido considerado Monumento Nacional em 1910.

Em 2007, foi um dos 21 finalistas da eleição das 7 Maravilhas de Portugal.

Em Novembro de 2013 foi eleito “Estrela do Médio Tejo”, na categoria
de Património Histórico Edificado, iniciativa da NERSANT – Associação
Empresarial da Região de Santarém, organizada com o objectivo de
distinguir as maravilhas que existem na região.

Para os visitantes que pretendam efectuar a travessia de barco, com viagem de ida e volta à ilha a entrada será, também, de 2,50€ bem como para grupos a partir de 15 pessoas/pax para a travessia desde o Cais de El Rei, em Tancos, até ao monumento nacional.

Preço total: Travessia de barco = 5 EUR

O Posto de Turismo de Vila
Nova da Barquinha disponibiliza também visitas guiadas ao monumento
nacional (marcações pelo tel. 915 081 737).


Descobrir os
arredores

 

Bacalhau à Viana em Viana do Castelo

Etiquetas

, ,


Crédito: Câmara Municipal de Viana do Castelo
Nos dias 18, 19 e 20 de Março, decorrerá em Viana do Castelo, o evento Fim de semana Gastronómico: “Bacalhau à Viana”, “Torta de Viana” e “Vinho Verde”.

Daqui partiam para a Terra Nova e Gronelândia, os bacalhoeiros carregados de fé e com esperança numa boa faina. Por lá ficavam seis meses, após o que regressavam às suas terras. E o bacalhau assentou arraiais, gastronomicamente, neste concelho, fazendo dele o centro de todas as atenções dos gastrónomos fiéis a uma boa bacalhoada.

Para digerir, um passeio a pé é desde sempre, a melhor solução: remédio para os olhos, para os músculos, para a mente.
Sugestões:
* Descobrir os estilos renascentista, manuelino, barroco e Art Déco.
* No centro histórico passear nos becos que se cruzam com artérias maiores viradas para o rio Lima, a antiga Igreja Católica (catedral desde 1977) em estilo Chunga, que remonta ao século XXI, a Capela da Misericórdia (século XVI), a Capela das Almas, e,
* já fora do centro, a vista que se deslumbra do monte de Santa Luzia – destaca-se a Basílica do Sagrado Coração de Jesus ou de Santa Luzia, cuja construção fora iniciada em 1903 e inspirada na Basílica de Sacré Cœur em Paris, de onde se descortina uma ampla vista sobre a cidade, o estuário do rio Lima e o mar.
Santa Luzia é invocada como protectora dos olhos, janela da alma, canal de luz.

Caminha Escalar para o Robalo saborear

Etiquetas

,

26, 27 E 28 FEVEREIRO

FIM DE SEMANA GASTRONÓMICO

ROBALO ESCALADO DO MAR DA ÍNSUA

LEITE CREME QUEIMADO

A gastronomia é um dos pontos fortes do concelho de Caminha. De 26 a 28 de fevereiro, delicie-se com o “Robalo Escalado do Mar da Ínsua” e o “leite creme queimado”, iguarias gastronómicas locais, num dos restaurantes aderentes do concelho.

Dolmen da Barrosa em Vila Praia de Âncora

Concelho do Minho repleto de verdes paisagens de rara beleza,  rico em património construído, rios, e a curta distância de Espanha, é, com certeza, um destino que cativa os seus visitantes que acabam por ficar por vários dias

Salvaterra: O Tejo e a Enguia, a Charneca, a Lezíria

Etiquetas

, ,

A cozinha típica do Concelho de Salvaterra de Magos, sofreu ao longo dos tempos a influência da Lezíria, da Charneca e do rio Tejo.
Da Lezíria e da Charneca vieram as carnes, o borrego, o cabrito, as aves de bico, o porco, a vaca e as carnes bravas; as sopas, bem condimentadas e ricas em legumes, hortaliças, carnes e enchidos, muitas vezes para ficarem mais saborosas deitavam-lhes um osso de porco.
Do Tejo com o sável, a saboga, o barbo, a fataça, a lampreia e a enguia, faziam-se sopas, açordas, molhatas, assados…
A doçaria é excelente, composta por pudins, biscoitos, arroz doce, broas, tortas e bolos bem amassado, cuja massa fica horas a fermentar…

* Cerca de 18 restaurantes do concelho promovem o mês da enguia durante todo o mês de Março.
Este peixe anguilliforme  apresenta vários sabores, conforme a confecção: Enguias Fritas, Ensopado de Enguias, Paté de Enguias, Caldeirada de Enguias, Enguias grelhadas, Fricassé de Enguias, Enguias com Ovos, Arroz com Enguias.

Imagem cedida por CMSM
Câmara divulga gastroomia de Salvaterra de Magos

Após décadas de abandono, a Falcoaria Real de Salvaterra de Magos foi recuperada pela Câmara Municipal e inaugurada em 19 de Setembro de 2009, tornando-se num dos principais elementos turísticos do concelho, estando dotada de uma Exposição Permanente de Aves, um Auditório e Pombal.
Outras visitas que devem ser agendadas por quem se desloca ao concelho:
CAPELA DO ANTIGO PAÇO REAL
ESCAROUPIM – Aldeia Avieira
CELEIRO DA VALA REAL – ESPAÇO CULTURAL
IGREJA DE SÃO PAULO (MATRIZ)
CENTRO DE INTERPRETAÇÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO CAIS DA VALA
PONTE DO CAIS DA VALA
PONTE ROMANA DE MUGE e muito mais. Para isso, sugere-se a permanência de alguns das numa das confortáveis unidades de turismo de habitação ou unidade hoteleira.
Municipio

Lampreia em Festival em Penacova

Etiquetas

, ,

Nos dias 26, 27 e 28 de Fevereiro 2016

Nos dias 26, 27 e 28 de Fevereiro 2016

 

“Situada a 22 Km de Coimbra e a 15 Km do Luso/Buçaco, Penacova é luz e penedia, com o querer que é de pirenaico trazido às proporções da ternura e rusticidade Portuguesa.” Vitorino Nemésio
O que não pode perder?

Em Penacova, os percursos fazem-se por estradas pitorescas talhadas nas escarpas sobre o rio, subindo montes que permitem apreciar belos panoramas do alto dos seus mirantes: Pérgola Raúl Lino, Mirante Emydgio da Silva, Penedo de Castro, Montalto, Serras de Gavinhos, Roxo, Atalhada e Buçaco.

A água límpida dos trechos não poluídos do Mondego e do Alva, correndo em curvas caprichosas entre montes escarpados que oferecem, a quem nos visita a tranquilidade e harmonia de uma paisagem única. Ao longo dos rios e na grandiosa Albufeira da Barragem da Aguieira pode praticar-se natação, pesca, canoagem, remo, Kayaking, windsurf e ski aquático. E, na margem esquerda do Mondego, em frente à vila de Penacova, aPraia Fluvial do Reconquinho, galardoada em 2013, com a Bandeira Azul, dispõe de Bar, Apoios de Praia, Fluvioteca e Animação garantida ao longo de toda a época balnear.

Pérgula Raul Lino
Não faltam motivos para agradáveis passeios, descobrindo o Percurso Pedestre PR1 PCV – Penacova, o Mondego e a Lampreia em que se destacam o património e o traçado urbano da Vila de Penacova, o Percurso Pedestre PR2 PCV – Na Rota dos Moinhos do Buçaco, em torno do Núcleo Molinológico da Portela de Oliveira, em pleno perímetro florestal da Serra do Buçaco, ou de São Pedro de Alva, por Laborins, partindo à descoberta dos espaços fluviais de lazer do Cornicovo e da Lapa, ou da Praia Fluvial do Vimieiro, também ela dotada de Restaurante/Bar de apoio.

Para quem procura atividades mais radicais, as escarpas do Mondego, são o local ideal para a prática de Escalada, Rappel e Slide e, todo o concelho, é terreno ideal para os fãs de BTT.

Motivo para nos visitar será, certamente, a descoberta da doçaria conventual e dos sabores tradicionais anualmente celebrados em Festivais Gastronómicos de que se destaca, naturalmente, em fevereiro, o Festival da Lampreia.

O Turismo Cultural, com particular destaque para a imponência e importância histórica do Mosteiro de Lorvão, e o Turismo Gastronómico, aliam-se hoje ao Turismo de Natureza, Ecoturismo e Turismo de Aventura, oferecendo a todos quantos nos visitam uma oferta diversificada e uma estadia inesquecível.


Para ficar, clique sobre a imagem para ter as melhores condições no Hotel Rural Quinta da Concha

Camões com Sabor

Etiquetas

, ,

Merendas com Personalidade no dia 26 de Fevereiro

A TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior e o Município de Constância estão a preparar um evento na loja Camões com Sabor, em torno dos rios Tejo e Zêzere, para dia 26 de fevereiro.
Esta loja fica na esquina da Praça Alexandre com a rua Luís de Camões, em pleno centro histórico.

Web

Web

“Lampreia à Bordalesa”, “Suor de Barbo”, “Fritada mista de escabeche” e “Sopas de pão com aroma de bord’água”, serão confeccionadas por António Rodrigues, reformado militar, cujo prazer é cozinhar e Sérgio Silva que, com apenas 7 anos acompanhava o pai na pesca, contará a história e a arte de pescar.

Os participantes terão, também, a oportunidade de provar neste petisco “Bolo da Praça”, da doceira tradicional constanciense, Maria de Fátima Bandarra.

O evento está marcado para as 19 horas do dia 26 de Fevereiro.

A atividade tem inscrições limitadas e obrigatórias através do email: comunicacao@tagus-ri.pt .
Antes disso, uma paragem n’O Café da Praça para degustar outra iguaria tradicional: O Queijinho do Céu.

Se preferir em casa, clique sobre a imagem

Se preferir em casa, clique sobre a imagem

Para ficar alojado, clique sobre a foto

Para ficar alojado, clique sobre a foto

Mostra da Lampreia em Tomar

Etiquetas

, , ,

Entre 6 de Fevereiro e 6 de Março, desde o “paté de lampreia”, “Lampreia à nossa moda”, “Lampreia à bordalesa”, passando pela apetitosa “Lampreia de ovos,  até ao “Beija-me depressa” muito tem para provar, experienciar e degustar nos restaurantes da cidade nabantina,cujo rio vai desaguar no Zêzere.

E, para uma melhor digestão, faça um dos roteiros que lhe são propostos pelos serviços de turismo:

Igreja São João Baptista, Sinagoga, Casa Memória Lopes Graça, Museu da Levada (Lagares d’El Rey, Roda do Mouchão, Mata Nacional dos Sete Montes, Castelo Templário, Convento de Cristo e depois, talvez, descansar para ganhar genica nova jornada.

Montaria ao Javali 6 Fevereiro

Etiquetas

Cartaz do Evento

Data: sábado, 6 de Fevereiro 08:00Local: Lagar de S. Guilherme  |  Localidade: Dornes, Portugal

Mancha virgem com 350 hectares.
Oito poderosas matilhas.

Concentração junto ao LAGAR DE S. GUILHERME, Dornes.

Pequeno-Almoço e Almoço.

Latitude: 39.757278
Longitude: -8.273851

Contactos: Telefone: 918738547  Sítio http://javardos.eu/

Reservar Alojamento